Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility

Investigação e Desenvolvimento

No âmbito da licença atribuída à Novo Verde está prevista a elaboração de um plano de projetos de Investigação e Desenvolvimento (I&D) com foco na melhoria dos processos relevantes no funcionamento do circuito de gestão de resíduos de embalagens.

Projetos

As tendências ambientais e a crescente necessidade de desenvolver modelos que permitam a promoção da circularidade da economia mostram ser fundamental a concretização de ações que promovam a investigação e desenvolvimento (I&D).

Novo Verde Packaging Entreprise Award 20

A primeira edição do Novo Verde – Packaging Entreprise Award, em 2019, teve como vencedor o Packaging Matters, da empresa Feel Matter. Este produto materializa o conceito de economia circular, pois utiliza resíduos da industria vinícola (engaço) para a produção de embalagens sustentáveis direcionadas para este setor. 

A edição de 2020 foi especificamente direcionada às empresas fabricantes de embalagens, com o objetivo de encontrar as melhores soluções para cumprir os desígnios da economia circular. 

Com valor global de 25 mil euros, a Novo Verde pretendeu dinamizar o setor e promover a competitividade entre as empresas. O Packaging Entreprise Award’20 contou com três níveis de vencedores em que ao primeiro lugar foi atribuído o montante total de 15 mil euros e ao segundo e terceiro os valores de 6 mil e 4 mil euros, respetivamente. 

Resultados:

A Novo Verde agradece a todas as empresas que participaram no desafio  Novo Verde Packaging Entreprise Award’20.

Todos os projetos submetidos foram analisados e classificados de acordo com os critérios resumidos no artigo 12º do regulamento. O júri decidiu unanimemente e elegeu o projeto vencedor, bem como o 2º e 3º lugares.

A POLIVOUGA – Indústria de Plásticos, SA foi a grande vencedora da 2º edição do Novo Verde Packaging Entreprise Award’20, com o projeto “Helix® BOPE”.

O segundo e terceiro lugares foram conquistados pelas empresas INTRAPLÁS – Indústria Transformadora de Plásticos, SA e a PLASTIMAR – Indústria de Matérias Plásticas, SA, que receberão prémios no valor de 6 mil euros e 4 mil euros, respetivamente.

Regulamento do Prémio aqui.

EEA Grants – Mafra Reciclar a Valer+

O projeto “Mafra Reciclar a valer +”, do qual a Novo Verde faz parte, tem como objetivo criar um laboratório vivo de sistemas de incentivo que permita testar diferentes soluções tecnológicas e monitorizar os seus resultados, contribuindo para aumentar o conhecimento sobres estes sistemas e promover a sua eficácia e eficiência económica, no sentido de preparar a implementação do sistema de depósito.Este projeto é uma das 13 candidaturas apoiadas pelo programa europeu EEA Grants, que fomenta a aplicação de princípios da economia circular na produção e no consumo.

Os elementos a considerar são:

  1. Diferentes tipologias de equipamentos de depósito, de forma a identificar os mais adequados para diferentes localizações e grupos de utilizadores;
  2. Tecnologias de sensorização e de inteligência artificial que permitam obter informação sobre a eficácia e eficiência do sistema;
  3. Plataforma de monitorização da rede de equipamentos em tempo real, com gestão automática das operações de recolha.

O projeto visa ainda promover a adequada utilização destes sistemas, através de uma campanha de sensibilização a decorrer no concelho de Mafra, que contará com eventos em lojas e mercados, escolas e outros locais próximos das comunidades. Esta iniciativa vai permitir recolher indicadores de perceção dos cidadãos relativamente às soluções e responder a questões chave como o valor associado ao incentivo, acessibilidade dos equipamentos, entre outras.

O conhecimento acumulado será depois disponibilizado de forma aberta a todos os interessados, dando lugar ao desenvolvimento e implementação de redes ou sistemas de depósito mais eficazes e eficientes.

Reciclar a Valer+

Desde 1 de outubro de 2019 que a Novo Verde tem a decorrer no Pingo Doce da Malveira um projeto piloto que consiste numa máquina de venda reversa que entrega vales de desconto em troca de garrafas de bebidas PET. Esta ação de sensibilização levou à instalação de uma máquina onde os consumidores podem colocar garrafas de bebidas e, por cada entrega, recebem em troca vales de 0,02€ ou 0,05€ que podem descontar nas suas compras naquele estabelecimento comercial. 

No seu primeiro ano de atividade, esta iniciativa permitiu recolher mais de  500 mil garrafas de bebidas PET, o que equivale a mais de 13 mil quilogramas deste tipo de resíduo de embalagem. Aos consumidores que aderiram ao projeto piloto e que depositaram as suas garrafas PET, foram entregues vales de desconto no valor total de cerca de 20 mil euros.

A ação Reciclar a Valer+ da Novo Verde enquadra-se no conjunto de medidas e metas gerais da União Europeia em matéria de gestão dos resíduos, bem como a Estratégia Europeia para os Plásticos, em que todas as embalagens deste material, colocadas no mercado da União Europeia, deverão ser reutilizáveis ou facilmente recicláveis até 2030. As garrafas de plástico de bebidas, enquanto produtos de plástico de utilização única, deverão ser alvo de sistemas de reembolso ou de outras medidas com impacto direto positivo na taxa de recolha, logo, na qualidade do material recolhido e dos materiais reciclados.

O projeto piloto “Reciclar a Valer+” é uma iniciativa da Novo Verde em parceria com a Câmara Municipal de Mafra e a Tratolixo – Tratamento de Resíduos Urbanos Sólidos Urbanos.

Novo Verde Packaging Universities Award

Novo Verde Packaging Universities Award

Novo Verde Packaging Universities Award 2019 resultou de uma parceria entre a Novo Verde e a Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE)/Programa Eco-Escolas no seguimento das iniciativas de educação ambiental já desenvolvidas no seio da estratégia da entidade gestora, em que a formação dos cidadãos é motor desta responsabilidade.

Este desafio visou os estabelecimentos do Ensino Superior e a candidatura pressuponha o cumprimento de 2 etapas, alvo de avaliação por parte da Comissão de Acompanhamento e Júri: auditoria ambiental ao estabelecimento de Ensino e respostas aos problemas ambientais na primeira fase, reunidos no plano de ação focado na gestão de resíduos de embalagens.

Em cada região do país foi selecionado um vencedor (Regiões Norte, Centro, Lisboa, Alentejo, Algarve, Açores e Madeira), tendo-se verificando, também a eleição do projeto com melhor classificação a nível nacional (Universidade de Aveiro).

Cada distinção foi equivalente ao valor de €7500 (sete mil e quinhentos euros) utilizados na implementação das soluções propostas.

Share This